Multimidia Luv Life

Meu diário Multimídia

Está online a 35.ª edição da Revista @espiritolivre!!

REL035_Capa

Demorou mais saiu! Aí estã a edição n. 35 da Revista Espírito Livre. Esta edição, excepcionalmente, trata de artigos relativos as palestras que ocorreram na prmeira edição do Fórum da Revista Espírito Livre, ocorrido em novembro de 2011. Vários de vocês estiveram presentes, o que muito me alegra, e agora, poder compartilhar com vocês um pouco do material que foi discutido no dia do evento, me alegra ainda mais.

Muito obrigado a todos que de alguma forma contribuiram para que mais uma edição da revista ganhasse vida. O meu obrigado a todos aqueles que acreditaram no evento: Prefeitura Municipal de Vila Velha, Itaipu Binacional, Prefeitura Municipal de Vitória, ES Convention Bureau, SERPRO e FAESA.

Quanto ao trabalho de edição deste número um agradecimento especial a Vera Cavalcante e ao Hélrio S. Ferreira.

Abaixo deixo um trecho do editorial da edição.

Organizar um evento não é tarefa fácil. Quem já organizou eventos, mesmo pequenos e de expressão local, sabe que não é uma tarefa simples. Organizar o I Fórum da Revista Espírito Livre foi muito gratificante, entretanto extremamente trabalhoso. Ao final senti aquela sensação de dever cumprido, de missão cumprida. Realmente algo muito bom de sentir.

Mas para quem não acompanhou as notícias do final do ano de 2011, no final do mês de novembro, mais precisamente no dia 29/11, a capital capixaba, Vitória, recebeu a primeira edição do Fórum da Revista Espírito Livre. O evento foi um sucesso e contou com a participação de muitos colaboradores da publicação, além é claro, de vários leitores que estiveram presentes durante todo o dia, em busca de conhecimento, informação de qualidade, ou para conhecer aqueles que fazem a Revista Espírito Livre regularmente.

A principal motivação para a realização do fórum da Revista Espírito Livre surgiu da necessidade de encurtar as distâncias entre leitores e colaboradores, já que a publicação existe apenas como uma revista digital. Outra motivação era a de levantar recursos para ajudar a sustentar a produção da revista, algo extremamente importante. Além disso, a proposta era de, ao final do evento, serem reunidos os trabalhos apresentados durante todo o dia, e compilados em uma edição especial, com a contribuição de textos dos palestrantes e parceiros envolvidos. Esta, portanto, a primeira de muitas. Assim espero.

Já estamos planejando edições em outras cidades, na esperança de poder atingir um público ainda maior de pessoas. Nas páginas desta edição você irá conferir alguns dos principais temas abordados durante o evento ocorrido em Vitória/ES.

Um forte abraço a todos!

Nota de lançamento e download gratuito: http://va.mu/TmXZ

Se você curtiu a revista, que tal dar uma força na divulgação? Temos perfil em rede social @espiritolivre e nosso site htp://www.espiritolivre.orgEstamos abertos à colaboração, sugestões e críticas. Fiquei a vontade e participe.

 Fonte: Assessoria de Comunicação.

1 Comentário »

Multinews: Ajuntaê e Transparência Hacker no Transparência HackDay Campinas

Neste fim de semana, lá na sede do Coletivo Ajuntaê, o pessoal daComunidade Transparência Hacker vai se reunir pro tradicional, embora esporádico, Transparência Hackday. É um evento de dois dias, uma espécie de maratona em que lidamos com dados públicos (não necessariamente governamentais) e fazemos aplicativos divertidos, úteis e simples de fazer, como por exemplo o Jogo da Vida do Proceso Legislativo, o SAC SP e oOtoridades.

O objetivo é aproveitar dados já publicados, em qualquer formato, para produzir aplicativos interessantes. Um exemplo seria pegar a lista de presença que a câmara municipal de São Paulo está disponibilizando e fazer um app tipo ohttp://isitchristmas.com só que com a questão meu vereador foi trabalhar? Existem muitos outros conjuntos de dados trabalháveis, diversos levantados pela comunidade lá na lista e outros que estão sendo levados por coletivos aqui da cidade.

Acredito que existem diversas coisas que podem ser legais de trabalhar em Campinas. Desde procurar e reclamar por dados públicos da Prefeitura, que evitem outro fiasco como a corrupção na Prefeitura, até dados que sejam apropriáveis pelos diversos movimentos aqui de Campinas, como mapas colaborativos de violência contra travestis, catálogos colaborativos de cursinhos populares, material colaborativo no estilo wikilivro pra esses cursinhos, etc.

Não precisa, claro, ser desenvolvedor pra ajudar. Não apenas tem a enorme demanda por designers, como também tem a demanda por construir conteúdo bom e divulgar pelas redes sociais, fazendo os projetos terem atenção devida, tanto pra coletar casos como pra levar a informação até quem precisa saber dela, como os orgãos públicos. Além disso, muitos desses projetos exigem conhecimento do assunto, seja ele urbanismo, sociologia, legislação, antropologia ou culinária.

A atividade começa no sábado, perto do meio dia, quando o ÔnibusHacker Beta chegar, almoçamos e começamos a apresentar e brainstormar projetos. Depois nos organizamos em grupos e vamos codando, pizzando e cervejando até domingo à tarde, quando apresentamos nossos projetos ao mundo e aproveitamos o trabalho do ajuntaê curtindo o som da banda Festenkois na casa.

Além disso, durante toda a tarde de domingo, haverá um espaço de trocas onde todos que comparecerem poderão trazer objetos para serem trocados (CD’s, camisetas, DVD’s, quadros, etc): é o Domingo Feira! E junto ao espaço de troca, também estará a já tradicional banquinha do Ajuntaê com muito material de artistias independentes de todo o país!

Inscrevam-se clicando no link abaixo. É free, bring-your-own-beer, considere a vaquinha pras pizzas e traga cobertor/colchão se for dormir!

https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dDN2cWJaY3ZHbHdvQWtJRzJhZ1dwLUE6MA

Quando: 9 e 10 de Julho de 2011

Horário: Ônibus saindo da Casa da Cultura Digital no sábado às 10:30am
=> Atividades da 13h de Sábado às 17h de Domingo em Campinas

Onde:Saída do ônibus na Casa da Cultura Digital, Atividades na sede do Coletivo Ajuntaê em Campinas
=> Rua professor Luiz Cerqueira Monteiro, 45 (próximo ao estádio da Ponte Preta)

Fonte: Blog da Esfera

Deixe um comentário »