Multimidia Luv Life

Meu diário Multimídia

Multinews: LibreOffice é destaque na nova edição da revista Espírito Livre

Mês de julho. Férias, descanso, sombra e água fresca, ah… privilégio para poucos. Nós da Revista Espírito Livre continuamos na batalha e trazemos a edição que apresenta em sua capa, a suíte de escritório líder nos computadores com GNU/Linux. As principais distribuições GNU/Linux já o assumiram como substituto do OpenOffice, recentemente doado pela Oracle para a Fundação Apache. Sendo assim, enquanto uma nova versão do Apache OpenOffice não é liberada, o LibreOffice continua seu caminho como sendo a escolha de uma maioria que busca uma suíte de escritório completa, bem como a minha escolha pessoal. É claro que não existem outras soluções para escritório, entretanto os demais ainda tem um longo caminho a trilhar.

Mas engana-se aqueles que o LibreOffice é a escolha só dos que utilizam GNU/Linux. Empresas e usuários que utilizam outros sistemas operacionais também o utilizam. Por ter a característica de ter seu código aberto, usuários de diversos sistemas se beneficiam das funcionalidades do referido software.

Com milhões de linhas de código, a suíte arrebanha simpatizantes mas também rivais e usuários insatisfeitos. A velocidade com o software é aberto e a compatibilidade com outros formatos são as principais queixas daqueles que não são “tão” fãs da suíte. O fato é que grande parte das queixas também estão relacionadas com outros elementos, além do próprio LibreOffice. Sendo assim, culpá-lo por não se comportar da forma que este ou aquele usuário gostaria, não seria a atitude mais prudente. A contribuição, colaboração na construção de novos recursos ou correção e relato de bugs podem sim, ajudar a torná-lo uma solução ainda mais profissional do que já é. E todos, de alguma forma, podem contribuir na melhora do software, esta é a mágica que o software livre proporciona. O usuário final, aquele que não entende de programação, não conhece de design mas acha que um botão diferente poderia melhorar sua usabilidade, pode contribuir com sugestões. Aquele que é fluente em outras línguas também pode ajudar na tradução. No site oficial [http://pt-br.libreoffice.org] o usuário descobre como pode ajudar a torná-lo o que ele, o usuário, deseja e espera de uma suíte de escritório. A comunidade agradece.

Temos 4 entrevistados, sendo que 3 internacionais: Sophie Gautier e Italo Vignoli, ambos da The Document Foundation, Immo Wille, da Universidade de Zurique. Entrevistamos ainda Vitor Micillo, criador da Rede Social Doode.

Além disso, esta edição está repleta de outras contribuições tornando-a uma das maiores edições já publicadas pela Revista Espírito Livre. Vários eventos estão em parceria com nossa equipe, proporcionando várias promoções disponíveis. E muita coisa boa vem por aí. Se você ainda não participou de nossos sorteios, não perca tempo!

Iris Fernández, direto da Argentina, fala dos benefícios do uso do software livre na educação e Daniel Bruno nos traz a cobertura do FUDCon 2011, que aconteceu no Panamá. Filipo Tardim mostra forma de clara como compilar o kernel do Ubuntu e Rodrigo Griffo apresenta a instalação do CentOS via Netinstall. E tem muito mais.

Um agradecimento especial a Eliane Domingos que esteve a frente de grande parte das matérias relacionadas ao LibreOffice, bem como todos os outros, que de alguma maneira, nos ajudaram neste trabalho colossal. Esta edição realmente deu trabalho. E descanso?! Nem aqui, nem na China.

Um forte abraço a todos, colaboradores e leitores!

Anúncios
Deixe um comentário »

Myla Multimídia na media: Textos publicados pela rede

Disponibilizo alguns links de blogs que tiveram apublicados textos meus. Confiram!!

Minha área de atuação e estudo vai da comunicação à TI, aliados ao desenvolvimento sustentável proposta da Instituição que eu eustudo e que tem toda uma preocupação com sustentabilidade e tecnologia. AH, estudo no IESAM: Instituto de Estudos Superiores da Amazônia. Sou feliz demais da conta por fazer parte dessa família! te amo Iesam!

O primeiro artigo trata da minha relação e do que eu acho do sistema operacional OpenSource Ubuntu e foi publicado no site do amigo Maudy Pedrão, o super famoso Ubuntu Dicas!

O título do texto é: O que faz do Ubuntu um sistema tão especial?

http://www.ubuntudicas.com.br/blog/2010/09/o-que-faz-do-ubuntu-um-sistema-tao-especial/

O mesmo texto foi publicado no blog Linux Atual, que pertence ao amigo Igor

http://linuxatual.blogspot.com/2010/09/o-que-faz-do-ubuntu-um-sistema-tao.html

 

Uma questão de sustentabilidade: Publicado no blog de tecnologia e sustentabilidade do Prof. Renato Bul

Título: Porque é que o modelo de pólo de crescimento não alavanca a proposta de desenvolvimento sustentável de forma concreta no país?

http://renato-tecnologia.blogspot.com/2010/10/uma-questao-sobre-sustentabilidade.html#more

Por amor à blogagem sempre!! rs

Agradeço à todos que me acompanham, leem meus textos, comentam! Isso é feito pra vocês e com a ajuda de vocês!!

2 comentários »

Uma história de amor… com o Ubuntu!

O ano era 2006, eu estava saindo da adolescência quando o meu pai resolver comprar um computador pra ele. Essa notícia soou como música para os meus ouvidos, mas tive uma grande decepção assim que fui ver a “máquina” que ele havia comprado. Me deparei com um sistema operacional diferente DAQUELE que eu estava habituada a usar. O choque foi grande e eu me negava a usar o tal do linux Mandriva por vários motivos, pois pra mim tudo parecia mais difícil, complicado e o outro sistema era bem mais fácil, fora que a interface era meio esquisitinha, feinha mesmo. Não demorou muito pra meu pai também o rejeitar e trocar pelo outro OS.

Em 2009, passei no vestibular e fui estudar em uma faculdade que utilizava diversos sistemas operacionais em seus laboratórios, mas para poder entrar na internet, adivinhem qual era o sistema requisitado? O Ubuntu! No início foi aquele choque, né. Toda mudança gera uma crise até que você passa a se adaptar ao novo e depois percebe que esse novo já faz parte de você. Tudo clareou, passou a ser tão simples pra mim e tudo nele era fácil de fazer e era até bonitinho, acho que a versão era a 8.10. Definitivamente não foi paixão a primeira vista, mas foi me conquistando aos poucos e o simples fato de ser distribuição gratuita de um sistema bom, seguro e bonito, ah tipo assim, gamei!!

Não tenho um grande conhecimento em linux, me considero newbie (http://bit.ly/amAhb), mas me situo entre os 30 milhões de usuários de cansaram do tradicional e aderiram ao novo, ao sistema do futuro! Ahahaha Só um pouco bairrista,né? Então, eu sou mais uma usuária doméstica que não troca o sistema que usa por nada nesse mundo, nem por mais que alguns amiguinhos que adoram me contrariar dizendo que Ubuntu ainda não pode ser trocado pelo Win por naõ ter suporte para alguns programas tais como, ilustrator e por aí vai, mas eu defendo dizendo que brevemente isso vai fazer parte do passado, assim como foi a magnanimidade de outros sistemas. Hehehe

Antes que comecem a se perguntar o motivo pelo qual estou falando do Ubuntu nesta tarde de domingo, lhes digo que justamente hoje dia 10.10.2010 está saindo do forno a mais nova distribuição do Ubuntu, nominada de Maverick Meerkat. A versão veio com algumas novidades bacanas, mas não muitas com relação à última versão 10.4 que é a que eu uso.

VANTAGENS DE USAR UBUNTU

  • Após a instalação, o sistema já vem praticamente pronto para ser utilizado, dispensando configurações extras, ao contrário de outros sistemas existentes;
  • Vem pronto para utilizar a internet e vem com um dos maiores browsers do planeta;
  • Conta com diversos programas que facilitam a sua vida virtual, tais como gwibber, um agregador de redes sociais, feito sob medida para aqueles que não conseguem viver sem acessar seu twitter e facebook. Já o empathy, é um mensageiro instântaneo compatível com os mais diversos mensageiros;
  • já em sua parte multimídia, o sistema conta com o rithymbox, um poderoso music player e como ele é possível gerenciar suas bibliotecas e fazer as sincronizações que precisar, e tudo isso da forma mais prática possível;
  • Já na parte audiovisual, possui o totem, um gerenciador de vídeos simplérrimo e da melhor qualidade para você se divertir curtindo os prazeres da sétima arte;
  • Se você gosta de fazer edições de vídeo, mas não tem muito conhecimento e não se acha com talento para ser um cineasta, o Pitivi foi feito pra você. Com ele, é possível editar seus vídeos com a qualidade de grandes produções;
  • Suas fotos precisam de ajustes, fez aquela foto perfeita, mas seus olhinhos saíram vermelhos? Seus problemas acabaram, o ubuntu tem um programa de edição de fotos que é bastante similar ao mais famoso software para edição de fotos, com ele você gerencia suas fotos e retoca os detalhes que achar necéssário.;
  • Como se não bastasse de tanta coisa boa, o sistema ubuntu ainda lhe oferece a capacidade adicional de armazenamento gratuito, você terá 2GB para sincronizar arquivos em múltimplas estações backup que você morreria se caso, perdesse algum arquivo;
  • Sem contar que nosso amado sistema possui um dos mais utilizados pacotes office e possui compatibilidade com os variados formatos de documentos existentes;
  • Mas o melhor, eu deixei pro final. O ubuntu possui o aplicativo mais interessante do sistema, quiçá do mundo, é a Central de Programas do Ubuntu, onde é possível encontrar mais de 30.000 programas, aplicativos e plugins que estarão disponíveis a você, bastando que dê apenas um clique de mouse.

Se quiser experimentar, é só baixar DIGRÁTIS e utilizar sem bronca nenhuma. Se preferir experimentar sem compromisso, você pode testar vá em http://ubuntu.com faca o download, ame-o, adore-o e dê adeus aos vírus, que já fazem parte do passado!!

SE VOCÊ CANSOU DO CONVENCIONAL: USE UBUNTU


5 comentários »